IMPLEMENTAÇÃO DE PROJETO DE LUTAS NA ESCOLA: ASPECTOS À LUZ DO MÉTODO DELPHI

  • Homero da Silva Nahum Junior Centro Universitário Celso Lisboa

Resumo

O presente estudo objetivou identificar os aspectos a serem observados na implementação de um projeto de lutas. Para tanto foi formado um grupo de 15 professores de Educação Física com, pelo menos, cinco anos de experiência na regência de turmas do Ensino Fundamental no município do Rio de Janeiro e, minimamente, dois anos como praticante regular de alguma disciplina inerente à temática. O método Delphi iniciou-se pela aplicação de quatro perguntas abertas e uma fechada, cujas respostas foram selecionadas e valoradas pelos profissionais. As principais características positivas foram o desenvolvimento do Respeito (4,47 ± 0,64 pontos) e da Relação Familiar (4,40 ± 0,83 pontos), enquanto que as possibilidades negativas foram Violência (4,27 ± 0,80 pontos), Briga (4,00 pontos ± 22,15%) e Agressividade (4,00 pontos ± 21,13%). O projeto foi considerado válido (7,60 ± 1,50 pontos). Portanto, concluiu-se que o projeto seria factível desde que observados os aspectos destacados pelos profissionais.


Palavras-chave: Criança, Educação, Ensino Fundamental, Arte Marcial.

Publicado
2024-04-10
Como Citar
JUNIOR, Homero da Silva Nahum. IMPLEMENTAÇÃO DE PROJETO DE LUTAS NA ESCOLA: ASPECTOS À LUZ DO MÉTODO DELPHI. Revista Presença, [S.l.], v. 10, n. 22, p. 173 - 188, apr. 2024. ISSN 2447-1534. Disponível em: <https://revistapresenca.celsolisboa.edu.br/index.php/numerohum/article/view/455>. Acesso em: 20 june 2024.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##