REGRAS DE ASSOCIAÇÃO PARA VENDAS DE MODALIDADES DE EXERCÍCIOS EM ACADEMIA DE GINÁSTICA

  • Homero da Silva Nahum Junior Centro Universitário Celso Lisboa
  • Roxana Macedo Brasil Centro Universitário Celso Lisboa
  • Ana Cristina Lopes y Glória Barreto Centro Universitário Celso Lisboa

Resumo

Objetivando identificar regras de associação entre modalidades de uma academia de ginástica, localizada na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, o método Market Basket foi imposto, fazendo uso do algoritmo Apriori, ao banco de dados com 6.650 registros, os quais correspondiam às vendas mensais do período compreendido entre janeiro de 2015 a dezembro de 2020. A codificação foi feita em R (RStudio 2023.03.0+386 for Windows®). Obtidas foram 11 regras com Suporte e Confiança no intervalo [26,08; 27,95], indicando independência das modalidades pela ausência de Antecedente e ratificada pelo Lift = 100,00%.  A última regra [12]({Musculação} => {Ioga}) conquistou Suporte = 6,72% e Confiança = 25,33%, mas o Lift = 90,60% sugeriu que a compra da Musculação não impactaria na aquisição do Ioga. Então, concluiu-se que, naquela academia, os serviços disponibilizados não se associavam.


 


Palavras-chaves: negócios. cesta de compras. administração. economia. planejamento.

Publicado
2024-04-13
Como Citar
JUNIOR, Homero da Silva Nahum; BRASIL, Roxana Macedo; BARRETO, Ana Cristina Lopes y Glória. REGRAS DE ASSOCIAÇÃO PARA VENDAS DE MODALIDADES DE EXERCÍCIOS EM ACADEMIA DE GINÁSTICA. Revista Presença, [S.l.], v. 10, n. 22, p. 354 - 370, apr. 2024. ISSN 2447-1534. Disponível em: <http://revistapresenca.celsolisboa.edu.br/index.php/numerohum/article/view/467>. Acesso em: 13 july 2024.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##