AGRUPAMENTO DE VARIÁVEIS DE TREINAMENTO DE ULTRAMARATONISTAS

  • Adriana Nunes da Fonseca Everton Centro Universitário Celso Lisboa
  • Homero da Silva Nahum Junior Centro Universitário Celso Lisboa
  • Ana Cristina Lopes y Glória Barreto Centro Universitário Celso Lisboa
  • Roxana Macedo Brasil Centro Universitário Celso Lisboa

Resumo

Introdução: A Ultramaratona foi conceituada como qualquer corrida com distância superior à 42.195 km. No Brasil, o número de participantes seria muito pequeno, mas teria aumentado nos últimos anos. Objetivo: Agrupar variáveis de treinamento de ultramaratonistas. Materiais e Métodos: Grupo de voluntários composto por 72 ultramaratonistas, 55 homens, idades entre 32 e 65 anos, e praticantes há 12 meses. Empregado foi o método aglomerativo, tendo a distinção estabelecida por função de distância. O algoritmo codificado em R foi o k-médias. Resultados: Encontrou-se cinco Clusters, o primeiro agrupou Idade e Experiência. O Cluster 2 deteve variáveis relacionadas às escolhas (Ambiente, Outro Esporte, Profissional de Educação Física, Função e Sexo). O Cluster 3 refletiu o planejamento do treinamento (Corrida Sessão, Intensidade da Corrida e treinamento de Força) e o Cluster 4 reuniu os elementos Acompanhamento (com menção à equipe técnica) Prova e Lesão. O Volume de Corrida ficou no Grupo 5. Conclusão: Os resultados apontaram para a formação de três clusters que concentraram as variáveis de treinamento.


Palavras-chave: exercício físico. planejamento. desporto. estatística. análise de grupo.

Publicado
2024-04-05
Como Citar
EVERTON, Adriana Nunes da Fonseca et al. AGRUPAMENTO DE VARIÁVEIS DE TREINAMENTO DE ULTRAMARATONISTAS. Revista Presença, [S.l.], v. 10, n. 22, p. 4 - 20, apr. 2024. ISSN 2447-1534. Disponível em: <http://revistapresenca.celsolisboa.edu.br/index.php/numerohum/article/view/458>. Acesso em: 13 july 2024.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##