ARTE QUE PERMANECE DO CAOS: O ESPAÇO-CASA COMO POTENCIAL CRIATIVO E A PERFORMATIVIDADE NO REGISTRO DE SI

  • Larissa Ribeiro Jacson dos Santos Centro Universitário Celso Lisboa

Resumo

O presente artigo visa investigar as possibilidades do fazer artístico em isolamento social, enquanto potência e um caminho de transformação. A partir de fotografias performáticas intituladas Como fazer germinar uma nova morada aqui?, a pesquisa reflete a conexão do estudante de graduação e seus colegas de turma entrevistados, como artistas, com o espaço em que residem, e com questões do mundo contemporâneo, enquanto atravessam e são atravessados por uma pandemia.

Publicado
2022-07-06
Como Citar
SANTOS, Larissa Ribeiro Jacson dos. ARTE QUE PERMANECE DO CAOS: O ESPAÇO-CASA COMO POTENCIAL CRIATIVO E A PERFORMATIVIDADE NO REGISTRO DE SI. Revista Presença, [S.l.], v. 8, n. 17, p. 105 - 113, july 2022. ISSN 2447-1534. Disponível em: <http://revistapresenca.celsolisboa.edu.br/index.php/numerohum/article/view/380>. Acesso em: 11 aug. 2022.
Seção
Artigo Livre

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##