ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO SOBRE RUÍDOS GERADOS PELOS EQUIPAMENTOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

  • Joliane Vitor Miranda Centro Universitário Celso Lisboa
  • Jesuína Marcia Nascimento da Silva Centro Universitário Celso Lisboa
  • Luisa Candido de Souza Amaral Centro Universitário Celso Lisboa
  • Carlos Alexandre Rodrigues Pereira Fiocruz

Resumo

Os ruídos nas UTIs neonatais funcionam como estressores aos recém-nascidos ali em tratamento. Faz-se necessário, portanto, abordar o trabalho dos profissionais de saúde, em especial os enfermeiros, na contenção desses ruídos. Objetivo: identificar, a partir de uma revisão sistemática de literatura, qual tem sido a atuação do enfermeiro a fim de minimizar os ruídos dentro de uma unidade de terapia intensiva neonatal (UTIN). Metodologia: revisão sistemática de literatura com seleção de artigos e análise dos dados, de acordo com os seguintes critérios: abordagem da minimização de ruídos em UTINs no resumo e apresentação de formas de intervenção para a redução dos ruídos em UTINs. Conclusão: Para manter o ambiente humanizado com a redução de ruídos inadequados, faz-se necessário haver a adoção de protocolos e ações educativas, visto que, ainda hoje, poucas unidades usam tais medidas, as quais podem favorecer a manutenção de um ambiente calmo e adequado para assim reduzir as taxas de lesões neurológicas e a permanência hospitalar dos neonatos. 

Publicado
2021-11-21
Como Citar
MIRANDA, Joliane Vitor et al. ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO SOBRE RUÍDOS GERADOS PELOS EQUIPAMENTOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL. Revista Presença, [S.l.], v. 7, n. 15, p. 6-21, nov. 2021. ISSN 2447-1534. Disponível em: <http://revistapresenca.celsolisboa.edu.br/index.php/numerohum/article/view/345>. Acesso em: 26 jan. 2022.
Seção
Artigo Livre

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##