PRODUÇÃO DE ATIVOS VEGETAIS COMO BIOESTIMULADORES DOS FATORES DE CRESCIMENTO FIBROBLÁSTICO

  • Carlos Alberto Andrade Monerat Centro Universitário Celso Lisboa
  • Luiz Antônio da Costa Rodrigues
  • Caroline Nascimento Fernandes Centro Universitário Celso Lisboa
  • Evelyn Garcia dos Santos Centro Universitário Celso Lisboa

Resumo

O presente trabalho é o resultado da parceria entre o Centro Universitário Celso Lisboa e o laboratório do Instituto de Pesquisas Biomédica (IPB) do Hospital Naval Marcílio Dias, objetivando a formação complementar de pesquisadores atuantes na produção de insumos de origem vegetal que contribuam no processo de biossíntese das fibras colágenas na pele, através da interação destes ativos com tecidos animais. As etapas do processo, realizadas em ambas as instituições, constaram da leitura de artigos pertinentes ao tema da pesquisa e tiveram o propósito de amadurecer a capacidade de entendimento e escrita dos futuros pesquisadores. Os resultados obtidos poderão se mostrar relevantes para o entendimento de como extratos vegetais podem se constituir em um potencial estimulador dos fatores de crescimento fibroblástico. Outro desdobramento esperado para o trabalho consiste na capacitação e preparação de estudantes de graduação no esclarecimento da população sobre a influência dos trabalhos científicos, através da preparação e produção de textos de divulgação cientifica que possam informar cientificamente o grande público sobre os avanços biotecnológicos apreciados na pesquisa básica.

Publicado
2021-05-27
Como Citar
MONERAT, Carlos Alberto Andrade et al. PRODUÇÃO DE ATIVOS VEGETAIS COMO BIOESTIMULADORES DOS FATORES DE CRESCIMENTO FIBROBLÁSTICO. Revista Presença, [S.l.], v. 6, n. 14, p. 14 - 17, may 2021. ISSN 2447-1534. Disponível em: <http://revistapresenca.celsolisboa.edu.br/index.php/numerohum/article/view/300>. Acesso em: 03 dec. 2021.
Seção
Resumos de Pesquisa

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##