TRATAMENTO MANIPULATIVO OSTEOPÁTICO NAS DISFUNÇÕES DO SISTEMA DIGESTÓRIO: UMA REVISÃO DE ESCOPO

  • Flavia Mazzoli-Rocha Fiocruz
  • Vanessa Knust Centro Universitário Celso Lisboa
  • Bruno Senos Queiroz Gomes Centro Universitário Celso Lisboa

Resumo

Disfunções do sistema digestório, comuns na fase adulta, geram sintomas e interferem na qualidade de vida e fatores emocionais, sendo interessante a inclusão de estratégias terapêuticas não-farmacológicas. Diante disso, este estudo objetivou verificar a literatura científica sobre o uso de tratamento manipulativo osteopático (TMO) nas disfunções do sistema digestório. Para isso, 183 estudos foram identificados através de uma busca sensível nas bases de dados MEDLINE/Pubmed, CENTRAL/Cochrane Library, LILACS, PEDro, Scielo e ScienceDirect. Destes, seguindo os critérios de elegibilidade definidos, 8 ensaios clínicos randomizados, 5 relatos de caso e 1 estudo de caso foram incluídos. Dos estudos incluídos, a presença de 8 ensaios clínicos randomizados contribui para sua utilização com um grau de recomendação e nível de evidência mais elevados, apesar de moderada qualidade metodológica. Dentre as disfunções do sistema digestório observadas, podemos mencionar síndrome do intestino irritável, doença de Crohn, constipação, discinesia biliar, úlcera péptica e refluxo gastroesofágico. Procedimentos padronizados foram utilizados por alguns autores, como técnicas cranianas, viscerais, diretas e indiretas na coluna vertebral. Procedimentos específicos, de acordo com a necessidade do paciente, foram incluídos por outros autores. Apesar de estarem disponíveis alguns ensaios clínicos randomizados que identificaram benefícios do uso do TMO nas disfunções do sistema digestório, ainda faltam revisões sistemáticas e metanálises sobre o tema, de forma a viabilizar sua prática baseada em evidência.

Publicado
2022-12-12
Como Citar
MAZZOLI-ROCHA, Flavia; KNUST, Vanessa; GOMES, Bruno Senos Queiroz. TRATAMENTO MANIPULATIVO OSTEOPÁTICO NAS DISFUNÇÕES DO SISTEMA DIGESTÓRIO: UMA REVISÃO DE ESCOPO. Revista Presença, [S.l.], v. 8, n. 18, p. 65-85, dec. 2022. ISSN 2447-1534. Disponível em: <http://revistapresenca.celsolisboa.edu.br/index.php/numerohum/article/view/401>. Acesso em: 22 mar. 2023.
Seção
Artigo Livre

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##