PREVENÇÃO DE OSTEOARTROSE DE JOELHO EM PESSOAS DA TERCEIRA IDADE

  • Ludmila Cunha de Almeida Centro Universitário Celso Lisboa

Resumo

O desenvolvimento de osteoartrose de joelho, em pessoas idosas, pode reduzir progressivamente a capacidade funcional dessa estrutura que suporta o peso do corpo, ocasionando consequentemente perda da qualidade de vida, devido limitações às atividades cotidianas que a doença causa. Discutir a respeito da osteoartrose de joelho e seus impactos negativos sobre o corpo, analisando posteriormente os benefícios que a prática preventiva acerca dessa doença promove aos indivíduos da terceira idade.  Com a intenção de fazer uma revisão sobre a temática de prevenção e promoção de saúde com a osteoartrose de joelho das pessoas na terceira idade, foi realizado um estudo no qual utilizou-se artigos provenientes dos dados de Scielo, Google Acadêmico e Redalyc. Dentre os artigos escolhidos, palavras como: qualidade de vida, atividades físicas e fisioterapia estão quase sempre correlacionadas visando geralmente uma conscientização às práticas preventivas dessa patologia que visauma melhora da qualidade de vida.  A osteoartrose impacta na perda progressiva da motricidade do joelho da pessoa idosa o que implica em perda da qualidade de vida, a prevenção aliada a outros fatores comportamentaispromove melhoria da qualidade de vida e o restabelecimento da vida social de indivíduos da terceira idade.

Publicado
2020-04-08
Como Citar
DE ALMEIDA, Ludmila Cunha. PREVENÇÃO DE OSTEOARTROSE DE JOELHO EM PESSOAS DA TERCEIRA IDADE. Revista Presença, [S.l.], v. 5, n. 13, apr. 2020. ISSN 2447-1534. Disponível em: <http://revistapresenca.celsolisboa.edu.br/index.php/numerohum/article/view/193>. Acesso em: 26 oct. 2020.
Seção
Revisão

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##